O milagre econômico

Share

O milagre econômico brasileiro é um dos eventos mais marcantes da história recente do país. Durante a ditadura militar, entre os anos de 1968 e 1973, o Brasil experimentou um crescimento econômico sem precedentes, que ficou conhecido como “milagre econômico”.

Obras milagrosas de norte a sul

O país teve uma taxa média de crescimento de 10 a 11% ao ano, um índice elevado e que superou as expectativas do governo. Esse período foi marcado por grandes investimentos em infraestrutura, aumento da produção agrícola e industrialização acelerada. Para se ter uma ideia, foi criado o banco central, a hidroelétrica de Itaipu, ponte Rio-Niterói, Infraero e diversas outras obras públicas e estatais. Mas para construir todas essas coisas legais, era necessário dinheiro.

No início o dinheiro provinha principalmente dos depósitos do FGTS, mas o governo não parava de construir e criar empresas, a demanda só aumentava. A solução foi conseguir os empréstimos no exterior.

Imagem aérea da usina de Itaipú, em 2011. A hidroelétrica é um símbolo das obras realizadas durante o milagre econômico.
Imagem aérea da usina de Itaipú, em 2011. A hidroelétrica é um símbolo das obras realizadas durante o milagre econômico.

Assim fica fácil fazer obra pública em todo o país. Mas o problema de todo empréstimo é a hora de pagar. Os empréstimos não foram pagos na época devido a uma crise mundial no petróleo. Essa crise também afetou os Estados Unidos, nosso principal credor. Os Estados Unidos ficou sem dinheiro e parou de fazer empréstimos ao Brasil bem como passou a cobrar juros enormes pelos empréstimos passados. Por esses motivos o Brasil enrolou o máximo que podia enrolar para pagar. O empréstimo realizado gerou uma dívida que explodiu no Brasil durante os anos do Sarney. Lembro que na minha infância eu sempre ouvia falar na televisão sobre a tal dívida externa. Essa dívida era nada mais do que o resultado de uma gerência econômica péssima, da época dos governos militares.

Um milagre econômico

Mesmo com todos os problemas, o “milagre econômico” resultou em grandes mudanças sociais e econômicas no país. A urbanização foi acelerada, a classe média cresceu e houve aumento na oferta de empregos. No entanto, nem tudo foram flores.

A cobrança dos empréstimos desse crescimento acelerado gerou um aumento da inflação, que acabou desencadeando uma crise econômica na década de 70. Apesar do aumento da classe média, o “milagre econômico” não conseguiu resolver os problemas de desigualdade social no Brasil. A distribuição de renda continuou bastante concentrada e a pobreza ainda era um problema significativo.

Apesar das críticas, o “milagre econômico” ficou marcado na história do Brasil como um período de grande transformação e modernização. A economia cresceu rapidamente, o país se desenvolveu e melhorou em partes. Mas para finalizar, nunca devemos esquecer que o período foi marcado por grande repressão política e violação dos direitos humanos. E que o milagre econômico fazia parte da propaganda militar, vendendo a imagem de um Brasil perfeito.

Saiba mais sobre a televisão durante a ditadura militar

Share