Bala ou Projétil

Share

Ain… bala é de chupar! Então chupa esse projétil! Eu tava rolando pelos grupos de estudos que participo sobre a segunda guerra mundial e vi um post de um membro explicando justamente sobre esse assunto. E achei legal, pois eu fui um dos que sempre ficou na dúvida: afinal o correto é bala ou projétil?

Pois bem, o membro do grupo relatou o que vocês já devem ter presenciado. No caso alguém reclamando dizendo que: “- Bala é doce de chupar que a gente compra no camelô e na padaria! O certo é projétil!” Hahaha. Então, por esse motivo resolvi resumir aqui nesse post o que foi informado por esse membro para dar nos dedos daqueles que fazem questão de usar os nomes corretos ou o mais próximo do correto. Mas enfim.

1 – a bala (ou projétil)

Do Latim BULLA, significa: bolha! A bolha na qual a galera refere-se é um objeto esférico, redondo. Esse objeto expelido pela arma de fogo foi chamado assim pois lá no início do uso das armas de fogo, todas elas disparavam em suma a munição redonda, em forma de bola. Dessa forma, esse “artefato expelido” pode sim ser chamado de projétil ou de bala. Etimologicamente falando (se a gente for buscar a origem da palavra) então o termo não está errado. Então praqueles “chatos de galocha”, a bala de chupar, a 7 belo, tem seu nome derivado da bala de matar. As de chumbo, que não seria legal chupar ou engolir de qualquer forma, vieram antes, então não tem problema chamar de bala a munição. Só que tem um porém: o projétil (ou bala), é somente aquilo que é expelido pela arma, sacou?

2 – o projétil (que na verdade é a munição)

Aqui temos um termo que a galera confunde bastante pois chamam de projétil a munição que é disparada pela arma. Ainda falando das balas de matar. Essas armas antigas disparavam projéteis em forma de bola. Todo o resto do conjunto, desde o material explosivo para impulsionar, quanto o a arma em si e tudo mais “ficam pra trás” e o projétil é lançado pra frente. Agora, quando estamos falando no conjunto da obra, em outras palavras, “naquele troço que a gente mete na arma pra disparar”, estamos falando de munição ou cartucho. Por isso, você pode dizer tranquilamente que no carregador da sua AK-47 tem 30 munições ou 30 cartuchos. O cartucho é composto de cinco elementos: o projétil (ou bala), o propelente (ou a pólvora), o estojo (ou cápsula), a espoleta e o aro (aquilo que prende na arma).

3 – o estojo

Como a gente pode ver na imagem no fim do post, o estojo tem a função de manter tudo no lugar para que quando o “gatilho” da arma bata na espoleta, a pólvora exploda e que ele expila a munição, jogando-a pra frente. Esse objeto cilíndrico também recebe o nome de cápsula, justamente por sua função de manter tudo unido, junto.

4 – a pólvora

Aí um ponto onde um chato pode argumentar que o nome é propelente por que ele é um “propulsante” do projétil. Ele vai usar de energia cinética da explosão para mover o projétil pra frente. Mas vai se foder! Como o propelente usado é a pólvora, vamos chamar sim a porra da pólvora de pólvora.

5 – aro

A função dele é bem simples. Se não tiver nada “que prenda a munição na arma, quando ela explodir ela vai jogar a cápsula inteira pra frente ou ainda sair pela culatra, sei lá. Então o aro, prende direitinho o estojo na arma, e após estourar a pólvora, a arma expele essa capsula que estava presa no aro, ou você mesmo expele se tiver usando um revólver =p

Então amiguinho, depois dessa, na próxima vez que seu amigo chato encher o saco dizendo que tem cinco projéteis na arma dele, significa que ele tem só a ponta da munição. Que sem a pólvora, o estojo e tudo mais, não vai servir pra porra nenhuma. E ah, comentário bônus: Ain… não é tanque, é blindado!! Tanque é onde lava a roupa, carro de guerra é blindado. Mano! Primeiro que quem não é militar não precisa saber. E segundo,  vale lembrar que quem inventou o tanque, os ingleses, o chamavam justamente de TANK, tanque de água mesmo.

Pra quem curtiu o post e gosta do assunto, não vou retirar os créditos do colaborador. Entrem no grupo e vejam mais discussões como essa: https://www.facebook.com/groups/segundaguerra/

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.